15 junho 2016

Paludismo e outras doenças tropicais




Paludismo







O paludismo ou malária é endémico em quase todo o mundo tropical.





Esta doença estende-se pelo norte até à Turquia meridional, pelo Sul até ao Nordeste da África do Sul, pelo Oeste até ao México e pelo Este até às ilhas Vanuatu, no Pacífico ocidental. O paludismo é transmitido pelas fêmeas de certas espécies de mosquitos da espécie Anopheles, que geralmente picam entre o pôr do Sol e o nascer do Sol.





Quatro espécies diferentes de insectos palúdicos são os que infectam os seres humanos: Plasmodium falciparum (que ameaçam a vida), e Plasmodium Vivax, Plasmodium Ovale, Plasmodium Malariae (que causam os chamados paludismos benignos).











 O Paludismo Falciparum mata aproximadamente 1 a 2 milhões de pessoas por ano e é particularmente perigoso para aqueles, que, por não viverem em zonas palúdicas do mundo, não criaram imunidade a este.





 Por ano, registam-se no Reino Unido cerca de 2.000 casos de malaria importada. Nos últimos anos a proporção de malaria Falciparum aumentou até superar os 60%.





 Por ano morrem no Reino Unido poucas pessoas devido ao paludismo importado e um número desconhecido morrem no estrangeiro. A  maioria destas mortes podiam ser prevenidas com uma melhor educação dos viajantes, com o uso de métodos profiláticos aprovados e com uma rápida assistência médica às pessoas que ficam doentes.






No próximo artigo voltaremos a este tema. Até lá...





Boas caminhadas

Sem comentários:

Publicar um comentário

comentários