15 abril 2015

Resgate de vítimas em avalanches




Resgate de vítimas em avalanches

quando se encontra a vítima





Uma vez que seja localizada a vítima é prioritário libertar-lhe as vias respiratórias, antes de se desenterrar a mesma completamente. Essa tarefa pode ser efectuada simultâneamente por dois grupos, se estiver disponível pessoal suficiente.







. Quando se encontra uma vítima deve-se desligar o seu ARVA para evitar confusões no caso de existirem mais pessoas enterradas. Se não houverem mais vítimas deve-se colocar todos os ARVA novamente em emissão.





. Para se desenterrar a vítima, não se deve puxar por ela, mas sim, deve-se cavar um grande buraco à sua volta até a libertar completamente, e então sim, executar os primeiros socorros em função das lesões que se vejam ou de que se suspeite. Convém ter presente que geralmente e por ordem de importância, as lesões e problemas mais frequentes nas vítimas de avalanches são: a asfixia, os traumatismos de todo o tipo e a hipotermia.







. Avaliam-se as funções vitais e procede-se à reanimação cardio-pulmonar se for necessário, agasalhando e mantendo aquecido o acidentado. A mobilização e evacuação do acidentado não se efectua até se confirmar que as suas lesões o permitem ou após imobilizar as zonas suspeitas. Em qualquer caso, e em presênça de dúvida, será preverivel que os grupos de socorro tratem da evacuação com os meios adequados.









E com este artigo terminamos esta temática. No próximo artigo voltaremos com outro tema. Até lá...





Boas caminhadas.

Sem comentários:

Publicar um comentário

comentários