08 outubro 2014

Padrões climáticos e os iões do ar (4)



Efeitos psicológicos dos iões do ar

Os ventos Sharav também originam efeitos psicológicos.






É algo que se deveria prever, se este tempo meteorológico aumenta os sentimentos de tensão, as disfunções de comportamento e as enxaquecas, assim como a depressão e a irritação nas pessoas sensíveis ao tempo.





Por exemplo, o investigador Israelita  Rim comparou os resultados dos testes psicológicos de dois grupos  de pessoas: um grupo que submeteu à prova  em dias que soprava o sharav (193 pessoas) e outro grupo que analisou em dias que não soprava o sharav (190 pessoas) nos mesmos meses. Estas pessoas eram candidatos para trabalhos de escritório ou técnicos.





Este estudo demonstrou que os ventos sharav originavam um aumento do neuroticismo e extroversão, e uma diminuição no resultado dos testes de inteligência, compreensão mecânica e capacidade de seguir instruções. Os autores atribuíram estas diminuições de rendimento, em parte, ao aumento da concentração de iões positivos no ar quando sopram os ventos sharav.





Dois anos mais tarde, Rim publicou um estudo que incluía testes psicológicos similares aos estudos mencionados anteriormente. Estes testes foram efectuados em 440 pessoas voluntárias num microclima enriquecido com pequenos iões negativos que invertem os sintomas clínicos, associados com o tempo que produzem os ventos sharav. Destas pessoas, 225 foram examinadas em dias que soprava o vento sharav e 215 pessoas, em dias que não soprava o vento.





Rim observou que as pessoas com características específicas de personalidade eram afectadas de forma diferente pela passagem do sharav (quer dizer, pelos iões positivos do ar) e pelas condições dos iões negativos do ar.






Os introvertidos, por exemplo, demonstraram uma falha de memória a curto prazo. Também, aqueles que obtiveram pontuação alta, tanto em comportamento neurótico como em extroversão demonstraram as maiores melhorias nas respostas, devido aos iões negativos do ar. Estes estudos sugerem que:

. Os ventos sharav podem alterar o rendimento psicológico e,

. As pessoas são afectadas de forma diferente, talvez devido ao seu tipo de personalidade (neuroquímica cerebral). No entanto, outros estudos demonstraram que a ionização do ar não tinha efeito em tarefas mentais complicadas.






Para a próxima semana voltaremos a este tema, até lá…





Boas caminhadas

Sem comentários:

Publicar um comentário

comentários