02 fevereiro 2017

Expedições Polares



Alimentos








A comida é um tema sobre o qual se fala muito em todas as expedições. É necessário chegar a um equilíbrio entre a variedade e a necessidade de obter suficiente energia.





Quando se está no acampamento base, as necessidades energéticas são similares às de um operário que trabalhe debaixo de intempérie (2.500 - 3.000 kcal/dia). No entanto, arrastar um trenó é um passatempo que consome muita energia, pelo que se deve duplicar ou triplicar a ingestão calórica.





 Nos climas frios, normalmente, os alimentos gordurosos constituem a maior proporção da dieta alimentar. Outrora, as expedições polares obtinham alimentos do terreno, mas atualmente muitas espécies de mamíferos e aves estão protegidos, e faz falta autorização especial para os matar.





 Os órgãos de muitos animais polares não se podem comer porque contém quantidades tóxicas de vitamina A, além de que não se trata de nenhuma delícia propriamente dita.






No próximo artigo voltaremos a este tema. Até lá...





Boas caminhadas

Sem comentários:

Publicar um comentário

comentários