23 janeiro 2019

Montanhismo



Equipamento básico

As cordas

Conceitos





Devemos conhecer alguns conceitos sobre as cordas que nos permitirão efetuar uma eleição mais correta e um uso mais seguro das mesmas. O primeiro conceito é a resistência estática que é a tensão medida em quilogramas, que a corda é capaz de suportar antes de rebentar, sem a existência de nenhum nó, e submetida a uma tração lenta.






O fator de queda é a relação existente entre a diferença de altura de uma queda e o comprimento da corda disponível para absorver a queda. Matematicamente, é igual à altura dividida pelo comprimento.




Os valores que pode ter o fator de queda estão compreendidos entre 0 e 2. Com uma corda estática, uma queda de fator 2 pode ser a última, pois o brusco travamento causaria graves lesões ao desportista.




Se tudo for efetuado corretamente não devem acontecer este tipo de quedas, sendo as de fator 1 as mais prováveis em caso de acidente. Segundo normas da União Internacional de associações de Alpinismo (UIAA), uma corda estática deve suportar o mínimo de duas quedas consecutivas de fator 1 sem rebentar.




A força de travagem será a que exerce a corda sobre o desportista quando detém uma queda.




Como já verificamos, se esta força for muito grande, as lesões no desportista podem ser fatais, motivo pelo qual as cordas estáticas possuem um pequeno índice de elasticidade, de forma que a força de travagem se ajuste aos limites suportáveis pelo corpo humano, estabelecidos pela UIAA em 1.200 quilogramas.






No próximo artigo voltaremos a este tema. Até lá...




Boas caminhadas

Sem comentários:

Publicar um comentário

comentários